domingo, 22 de janeiro de 2017

109 - ESPAÇOS DE MEDITAÇÃO - MEDITATION ROOMS

As ideias são simples, pois na verdade, para meditar não precisamos de muito. O mais importante é ter o tempo e disposição.

Com essa condição verificada, o sítio, quer interior, quer exterior, deve preferencialmente receber luz natural, ser silencioso (sem ruídos urbanos) e onde nos possamos descontrair, numa almofada, cadeira ou uma chaise long, conforme preferirem. Por fim para acentuar a introspecção, talvez queiram ter uma música ZEN de fundo, umas velas aromáticas e/ou incenso para acentuar a conexão com nosso interior, conforme se pretende.

Sente-se, encontre uma posição confortável, feche os olhos, e inicie o exercício com uma respiração profunda e acentuada:

Inspirando … o pulmão enche de ar puro e a zona abdominal expande …
Expirando … o pulmão expele o ar saturado e a zona abdominal baixa …

Inspirando … entra energia positiva, revigorante …
Expirando … libertamos stress, e descontraí cada vez mais …

Inspirando …
Expirando …

A cada inspiração, entra mais oxigénio para o nosso sangue e inicia-se assim um processo natural de relaxamento dos músculos, que calmamente começam a descontrair cada vez mais a cada respiração.
Quem pratica Ioga já fez esta introdução, no Ioga a respiração profunda surge como introdução e finalização.














Quem quer meditar e voltar-se para o interior, tomar consciência da verdadeira essência do seu EU deve através da mente seguir neste exercício que descrevo na página deste blog: http://zeninglife.blogspot.pt/p/meditacao-auto-hipnose-encontrocom-o-eu.html   

O mesmo tem por base a auto-hipnose, pelo método de  Milton Erickson. Psiquiatra conceituado que usava a hipnose de relaxamento no tratamento com os seus pacientes. Desenvolveu um estilo único, que o próprio usava consigo próprio devido a dores crónicas e rigidez física consequência da poliomielite que contraiu muito jovem. Passar a estado de transe e usarem o subsconsciente para o desenvolvimento das respostas sobre as questões que ali os levavam e inquietavam resultava num tratamento muito eficaz e mais rápido do que outras terapias.

A meditação/hipnose é um processo de auto-cura , que acontece com a consciencialização, que se dá com reexperiênciação e identificação da origem do problema, que até esse momento está bloqueado na nossa mente e nos coloca em estados emocionais alterados de alerta (pânico), por associações, com mais ou menos frequência consoante o trauma ou fobia de cada pessoa.

Assim, se não nos sentimos bem connosco é fundamental identificarmos o problema. A hipnose resolve depressões, fobias, traumas …. O primeiro passo é descobrir a origem.

Pode começar hoje, se assim o desejar, visite a página Auto-hipnose/Meditação no  link:

Encontra lá um guião meu que pode usar ou se preferirem existem também uns maravilhosos de Brian Weiss em português e em Inglês no you tube, basta colocarem o seu nome e encontram.

O importante é que meditem … e se encontrem.

Independentemente do método que escolherem. Meditar é uma terapia, uma terapia, como muitas outras, mas acessível a todos. Permite ainda uma abertura de mente e ajuda na procura pelo significado da vida.



Espiritualmente somos todos mais ricos do que achamos, muitas vezes andamos é uma vida inteira distraídos, focados no que não alimenta a nossa alma, mas sim a enfraquece.


“O essencial da vida é invisível aos olhos …”

link música tibetana para relaxar:

; )

Sem comentários:

Enviar um comentário