terça-feira, 22 de novembro de 2016

92 - Beds that call for us - Camas que chamam por nós

O universo das camas é algo que por si só, podia ser um blog, mas vou tentar evidenciar aqui o fundamental. A sua localização no quarto deve permitir que enquanto deitados, possamos ver a porta, não devemos no entanto estar alinhados com a porta mas sim perpendiculares em relação à mesma. A cama como objecto também não deve estar entre a janela e a porta pois essa linha é, um fluxo de fortes e rápidas energias que entram pela janela, estar fora dessa linha é benéfico para a nossa tranquilidade enquanto dormimos, a verdade é que mesmo fechadas entre as janelas e as portas existem correntes mínimas que acontecem permanentemente.

A cabeceira, essa, não deve, se possível, estar encostada a uma parede que dê para o exterior, preferencialmente deveria estar encostada a uma parede interior da habitação e sem canalizações, pois paredes por onde passam canalizações têm sempre alguma humidade, inevitavelmente.

A sua dimensão não tem grande importância a não ser para se comprar um bom colchão com as medidas certas. Com uma boa localização no quarto, boa cabeceira e bom colchão só falta falar das importantíssimas almofadas e a própria roupa da cama. No mínimo 2 almofadas para cada pessoa, queremos conforto, muito conforto. No caso de uma cama de casal pode haver uma primeira almofada comprida da largura da cama e depois cada um ter a sua pessoal, já nos permite uma posição de encosto, para o caso de queremos ler antes de dormir ou tomar o pequeno almoço na cama.


Quanto aos lençóis e edredões dependem claramente da estação em que estivermos, mas obrigatoriamente queremos lençóis macios ao tacto e cobertores ou edredões leves mas grandes e quentes, no inverno várias camadas é o mais funcional e que nos relacionam com protecção, por exemplo de lã a lembrar cachecóis são um chamamento irresistível.

















; )

Fonte de imagens: www.pinterest.pt 



segunda-feira, 21 de novembro de 2016

91 - Cabanas de conforto - Cabins of confort

Não têm de ser grandes, basta que nos protejam da chuva, vento, frio e por aí. Associo-as às antigas tendas, as canadianas. Tive uma individual e não sei se por isso, mas adoro este estilo de cabanas.


As paredes inclinadas criam estilo diferente e um ambiente género sótão, se possibilitarem um segundo nível melhor.

Não direi que adorava ter uma, embora não me importasse claro, mas sem dúvida que gostava de passar um fim-de-semana. Na mini de vidro, ficava satisfeita com um sesta ou uma simples noite ao luar…











; )

Fonte de imagens: www.pinterest.pt 


quinta-feira, 17 de novembro de 2016

90 - ESPIRAIS de sensações - SPIRALS of sensations


Linhas curvas que se desenvolvem à volta de um ponto central e que o envolvem em várias e suaves curvas concêntricas. Se a espiral for tridimensional temos uma espectacular escada ou rampa, como as que se seguem.

Podem ser modernas ou clássicas. mas o difícil é encontrarem uma escada em espiral que seja feia. Podem até não ser das mais espaçosas, principalmente quanto às dimensões do seu “cobertor”, o espaço de apoio dos pés, mas podem ganhar boa altura numa pequena área de implantação.


As mais românticas sãos as feitas em ferro forjado, alguns corrimãos e balaustradas são minuciosos trabalhos manuais de elevada qualidade, que bem restaurados ou mantidos sãos como autênticas esculturas para os nossos olhos.










; )

Fonte de imagens: www.pinterest.pt 



quarta-feira, 16 de novembro de 2016

89 - Skylight - Clarabóias

Uma clarabóia é uma entrada de luz no tecto. Resolve questões de iluminação, quando tal não é possível nas paredes e são muitas vezes a opção se, a envolvente for pouco interessante ou com muitos possíveis observadores.

São também excelentes na ventilação, pois no verão se as abrirmos, o ar quente que naturalmente sobe, saí e no inverno basta as manter fechadas, ou abrir apenas o mínimo indispensável.


A nível térmico são no Inverno são óptimas, pois permitem o aquecimento com uma fonte natural, o Sol, no verão contudo se direccionadas a Sul ou Sul/Poente  pode ser necessário que as mesmas tenham que ter um sistema de sombreamento, por exemplo cortinas incorporadas e ajustáveis.

Podem ser utilizadas em qualquer espaço da habitação, sendo talvez mais utilizadas nas cozinhas e casas de banho e menos em quartos, precisamente porque nestes últimos não queremos muita luz pela manhã.







O que têm de melhor ... a possibilidade de vermos de dia o céu azul e à noite  as estrelas ...

; )


Fonte de imagens: www.pinterest.pt 



domingo, 13 de novembro de 2016

88 - Paintted objects - Objectos pintados


Pintar é uma arte, e quando se pintam objectos, eles ganham uma identidade, passando a ser únicos. Os objectos que recebem a atenção de alguém, que os personaliza e caracteriza, passam a ser especiais
.
A sua pintura pode ser uma obra de arte com várias cores e pintados por autênticos artesãs, ou simplesmente um modesto apontamento, a uma só cor, feito por nós próprios. Os mais comuns são em madeira, mas é possível em outros materiais. Normalmente são os armários que recebem este mimo, mas hoje vou deixar-vos para além de armários pintados, uma mesa, uma cadeira e até um frigorífico.














Se não se sentem seguros nestas aventuras, podem usar moldes já previamente recortados com algum grafismo com que se identifiquem.

Há quem goste de se tatuar eu pessoalmente prefiro tatuar objectos.

; )



Fonte de imagens: www.pinterest.pt 

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

87 - Island in the kitchen - Ilha na cozinha


A função de uma ilha na cozinha é, proporcionar mais um balcão de trabalho ao mesmo que o cozinheiro ganha uma posição que possibilita a interacção e visão do restante espaço que o envolve, não sendo obrigado a estar virado para uma parede. Claramente uma posição mais agradável para o mesmo.

Nem todas as cozinhas contudo, devido à sua forma, permitem ter espaço para uma. Numa cozinha estreita é complicado ter uma ilha fixa, mas existem soluções. Uma ilha que seja amovível e que se possa recolher por baixo de um balção, ou uma de reduzidas dimensões pode resultar. No entanto, idealmente, esta deve ser fixa, ter boa iluminação e estar equipada com água e fogão/placa. 


As minhas preferidas são, para não variar, as de dupla função, ilha e mesa, simplesmente adoro. Imagino a família toda em volta da ilha a fazermos os bolos para o Natal ... As cozinhas com ilhas são um espaço de convívio da família e não apenas de serviço, se a habitação tiver sala e cozinha em open space pois aí seria o perfeito lar, propício às relações familiares.











; )


Fonte de imagens: www.pinterest.pt